Precisamos aprender a abandonar a ideia de que podemos errar, de que podemos cometer um erro irremediável e, como consequência, soltar a pressão sobre nós mesmos. Temos que CONFIAR em nós mesmos e estar abertos para receber tudo o que nos chega, principalmente experiências.

Você aprende a confiar em si simplesmente confiando, entregando-se à vida e, assim, recebendo toda a abundância que ela lhe proporciona.

Tudo o que existe são experiências, que podemos gostar ou não, que queremos repetir ou não, que por si só nos levam a crescer, a evoluir. Se você não pode errar, pois tudo é experiência, como poderá adquirir maestria em alguma coisa? Por exemplo, se você quer ser pianista, não vai sair tocando piano como um gênio de uma hora para outra. Não! O que precisa fazer? Praticar, praticar e praticar. Você pode ter um professor para lhe instruir e avançar, mas é você quem precisa praticar. A vida também é assim, é um processo sucessivo de experiências que levam a um ponto com o tempo, com a prática e com o aprendizado: o ponto de domínio da própria vida.

Mas, para ir nessa direção, é preciso agir. Muitas pessoas simplesmente permanecem limitadas, no mesmo lugar, sem desafios ou mudanças, porque têm medo de falhar. É impossível falhar, mas isto não é o que nos ensinam, somos ensinados a competir e a vencer os outros para sermos vistos! Permita-se ter muitas experiências na vida, enriqueça-se em experiências.

Quando comecei a cantar, e não sou uma grande cantora, treinei durante seis anos quatro vezes por semana. Quando comecei a cantar em público, nem imaginava que isso fosse possível. Mas a vida é simplesmente assim. Permita-se agir, experimente-se experimentando, confie confiando, essa é a alegria da vida. Você está se descobrindo, está vendo o que funciona e o que não funciona para você e isso é confiar em si mesmo.

A coisa mais fácil é a consciência. Se você tiver foco, vai perceber que o mestre está tanto fora como dentro de você. Se você for verdadeiramente dentro de si e se ouvir, sentir, descobrir-se sem julgamento, tudo surgirá. Isso é fácil, pois você nasceu com essa experiência. Talvez você tenha um talento especial, mas terá que aprimorá-lo e essa é a beleza, o processo de aprendizagem, a evolução.

Agora, se não fizer nada por medo de falhar, já falhou! Deixe de lado as expectativas. O melhor de você, dê. Seja o melhor de si, dê, flua, entregue-se com confiança à vida, à própria evolução que ela é.

Portanto, no balanço deste ano, avalie sua disposição de dar o melhor naqueles aspectos que você sente que não tem atuado com a excelência possível, comece o próximo 2024 vibrando no amor, a fim de brilhar a partir do mais elevado que há em si.

Lembre-se de que você é o que escolhe. O que você escolhe? Medo ou amor? AMOR AMOR AMOR SEMPRE!